“Contenham esse avanço... Façam qualquer coisa, por menor que seja... Mantenham aberta ainda que seja uma só porta dentre cem, pois conquanto que tenhamos pelo menos uma porta aberta, não estaremos numa prisão.”
(G.K.C)

terça-feira, 24 de agosto de 2010

O Tempero da vida e outros ensaios


Para a imensa satisfação de muitos, mais um livro de Chesterton nos chega em língua portuguesa: O Tempero da vida e outros ensaios.

"O obra reúne os pensamentos do criador do Padre Brown sobre o avanço da mentalidade burguesa e tecnológica entre as duas guerras, artigos sobre humor, sobre a literatura sentimental e sobre a composição de histórias de detetive, além de textos sobre as obras de Shakespeare, Esopo, Hans Christian Andersen, Lewis Carroll, Charles Dickens e Charlotte Brontë. Em todos eles, um senso de humor perpassa as reflexões sobre arte, filosofia e religião".

Trecho: "Se é para se condenar a literatura sentimental, definitivamente não o deverá ser porque é sentimental, e sim porque não é literatura. O drama ou a epopeia podem ser consideradas a vida ativa da literatura; o soneto ou a ode, a vida contemplativa. O ensaio é a brincadeira. O ócio é um alimento, como o sono; a liberdade é um alimento, como o sono. O humor corresponde à virtude humana da humildade e é apenas mais divino porque tem, por um instante, uma percepção maior dos mistérios".

Comprem!

Livraria Cultura

Livraria Saraiva

4 comentários:

AMIGOS DA CRUZ disse...

Caro, execelente iniciativa! Muito bom o blog. Chesterton e Lewis sem dúvida foram grandes escritores que com o toque especial de suas penas elevaram ainda mais a beleza do Cristianismo.
Confira em meu blog uma biografia sobre CHESTERTON: www.amigocruz.blogspot.com
amigodacruz.blogspot.com.

Anônimo disse...

Caro, as citações são realmente muito boas..o que não entendo é pq vc não coloca as referências nelas..coloque assim nos ajuda a indentificá-las..

Abraço!

Agnon Fabiano disse...

Anônimo, farei esse esforço de só citar indicando a fonte. Pode deixar...

Agnon Fabiano disse...

Amigo da Cruz, vou visitar seu blog sim. Já vi que tem algo de Chesterton e se tem Chesterton me interessa.

Abraço.