“Contenham esse avanço... Façam qualquer coisa, por menor que seja... Mantenham aberta ainda que seja uma só porta dentre cem, pois conquanto que tenhamos pelo menos uma porta aberta, não estaremos numa prisão.”
(G.K.C)

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Incompreensão das emoções

O que muitas vezes nos angustia nas coisas emocionais é não entendê-las racionalmente. É querer enterder, mas ficar perdido no vazio onde raciocínio não alcança. Se a emoção é boa, apenas desfruta-se, se é ruim, apenas sofrer-se.

2 comentários:

Ronni disse...

Verdade, talvez em termos!
Gosto de pensar que existe emoção palpável...
Sei com quem estou, o momento no qual estou, e sei que devo aproveitá-lo ao máximo...
Nada tão surreal... Mas real e totalmente passível de aproveitamento! E também controle... mesmo que por, muitas vezes, ele nos fuja ou mesmo nem seja uma força a ser considerada!
Abraço!

Ronni disse...

Reli agora!

E talvez minha primeira constatação tenha se baseado muito na última frase.
Mas é fato que as emoções não são na sua maioria racionalizadas, no sentido de não estarmos percebendo porque elas estão acontecendo... Apesar de querer fazer isso é certo que eu falho nisso!
Não sei vc, amigão!

Mas... Por que mesmo comentei tanto nesse post?! Vai saber!
Tenho uma teoria!
Gosto do subjetivo e das emoções nele reunidas!