“Contenham esse avanço... Façam qualquer coisa, por menor que seja... Mantenham aberta ainda que seja uma só porta dentre cem, pois conquanto que tenhamos pelo menos uma porta aberta, não estaremos numa prisão.”
(G.K.C)

sexta-feira, 6 de março de 2009

Amar é sempre certo


Apesar de todas as decepções que um amor possa nos trazer, é preferível um coração de carne a um coração de "pedra", mesmo estando a carne vulnerável a sangrar. Acredito que o conselho de Agostinho de que "não permita que sua felicidade dependa de algo que você possa perder" é suplantado pelo de C. S. Lewis, quando diz "preferiria perdê-la, a jamais tê-la visto".

4 comentários:

Florzinha disse...

"Quem já passou
Por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos que eu
Porque a vida só se dá
Pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou
Pra quem sofreu, ai

Quem nunca curtiu uma paixão
Nunca vai ter nada, não

Não há mal pior
Do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa
É melhor que a solidão"

Trecho da poesia de Vinícios de Moraes - "Como dizia o poeta"

Agnon Fabiano disse...

Gosto muito dessa música.

Vítor Carvalho Ferolla disse...

Agnon,

concordo com isso, doí um pouco, mas é assim... "prefero perdê-la, a jamais tê-la visto"

Porém pra mim tb é difícil, pq a dor de perdê-la parece encobrir o prazer que já tive em um dia apenas tê-la visto...

Ahh, acaba doendo um pouco ainda isso...


Abração Agnon,
Curto d+ seu blog.

FIQUE NA GRAÇA!

Agnon Fabiano disse...

Vítor, poucas coisas nos ensinam mais do que a dor de um amor.